Compartilhar
Informação da revista
Vol. 01. Núm. 10.
Páginas 88-100 (Janeiro 2020)
Compartilhar
Compartilhar
Baixar PDF
Mais opções do artigo
Vol. 01. Núm. 10.
Páginas 88-100 (Janeiro 2020)
Acesso de texto completo
Terapia guiada por angiografia computadorizada das artérias coronárias melhora os desfechos em pacientes com dor torácica estable
Visitas
...
Philip D. Adamsona,b, Michelle C. Williamsa,c, Marc R. Dwecka,c, Nicholas L. Millsa,c, Nicholas A. Boona, Marwa Daghema,c, Rong Binga,c, Alastair J. Mossa,c, Kenneth Mangiond, Marcus Flathere, John Forbesf, Amanda Huntera,c, John Norrieg, Anoop S.V. Shaha,c, Adam D. Timmish, Edwin J.R. van Beekc, Amir A. Ahmadii,j, Jonathon Leipsicj, Jagat Narulag, David E. Newbya,c, Giles Roditid, David A. McAllisterk, Colin Berryd
a British Heart Foundation Centre for Cardiovascular Science, University of Edinburgh, Edinburgo, Reino Unido.
b Christchurch Heart Institute, University of Otago, Christchurch, Nova Zelândia.
c Edinburgh Imaging, Queen¿s Medical Research Institute University of Edinburgh, Edinburgo, Reino Unido.
d Institute of Cardiovascular and Medical Sciences, University of Glasgow, Glasgow, Reino Unido.
e Norwich Medical School, University of East Anglia, Norwich, Reino Unido.
f Health Research Institute, University of Limerick, Limerick, Irlanda.
g Edinburgh Clinical Trials Unit, University of Edinburgh, Edinburgo, Reino Unido.
h William Harvey Research Institute, Queen Mary University of London, Londres, Reino Unido.
i Ichan School of Medicine and Mount Sinai Hospital, Mount Sinai Heart, Nova Iorque, Nova Iorque, EUA.
j St. Paul´s Hospital, University of British Columbia, Vancouver, British Columbia, Canadá.
k Institute of Health and Wellbeing, University of Glasgow, Glasgow, Reino Unido.
Informação do artigo
Resumen
ContextoNo ensaio clínico SCOT-HEART (Scottish COmputed Tomography of the HEART Trial), que avaliou pacientes com dor torácica estável, o uso de angiotomografia computadorizada das artérias coronárias (ATAC) reduziu a taxa de mortalidade por coronariopatia ou infarto do miocárdio não fatal (desfecho primário). Objetivos Este estudo buscou avaliar a consistência e os mecanismos da redução nesse desfecho em 5 anos. MétodosNeste ensaio clínico aberto, 4.146 participantes foram randomizados para tratamento padrão apenas ou para tratamento padrão e ATAC. Este estudo explorou o desfecho primário por sintomas, diagnóstico, revascularizações coronárias e terapias preventivas. ResultadosAs reduções nos eventos foram consistentes nas categorias de sintomas e de riscos (p = NS para interações). Em pacientes que não foram diagnosticados com angina devida a coronariopatia, a ATAC esteve associada a uma menor taxa de incidência do desfecho primário [0,23; intervalo de confiança (IC) de 95%: 0,13 a 0,35 vs. 0,59; IC 95%: 0,42 a 0,80 por 100 pacientes-ano; p < 0,001]. Naqueles submetidos a ATAC, os índices de revascularização coronária foram maiores no primeiro ano [razão de risco (RR): 1,21; IC 95%: 1,01 a 1,46; p = 0,042], mas menores para além de 1 ano (RR: 0,59; IC 95%: 0,38 a 0,90; p = 0,015). Pacientes alocados para a ATAC apresentaram maiores índices de terapias preventivas ao longo do seguimento (p < 0,001 para todos), com maiores índicos sendo observados naqueles com doença arterial coronária (DAC) definida por tomografia computadorizada. Estudos de modelagem demonstraram a plausibilidade do tamanho do efeito observado. ConcluçoesO efeito benéfico da ATAC nos desfechos é consistente entre os subgrupos , com mecanismos subjacentes plausíveis. A ATAC melhora os desfechos da coronariopatia ao possibilitar um melhor direcionamento dos tratamentos preventivos para indivíduos com DAC. (Scottish COmputed Tomography of the HEART Trial [SCOT-HEART]; NCT01149590) (J Am Coll Cardiol 2019;74:2058–70) © 2019 Os autores. Publicado por Elsevier em nome da American College of Cardiology Foundation. Este artigo é de acesso aberto sob a licença CC BY (http://creativecommons.org/licenses/by/4.0/).
O texto completo está disponível em PDF
JACC. Ediçao em potugués

Receba a nossa Newsletter

Opções de artigo
Ferramentas

Você é um profissional de saúde habilitado a prescrever ou dispensar medicamentos?

Política de cookies
Utilizamos cookies próprios e de terceiros para melhorar nossos serviços e mostrar publicidade relacionada às suas preferências, analisando seus hábitos de navegação. Se continuar a navegar, consideramos que aceita o seu uso. Você pode alterar a configuração ou obter mais informações aqui.