Compartilhar
Informação da revista
Vol. 01. Núm. 20.
Páginas 46-62 (julho 2022)
Compartilhar
Compartilhar
Baixar PDF
Mais opções do artigo
Vol. 01. Núm. 20.
Páginas 46-62 (julho 2022)
Acesso de texto completo
Regressão da placa  aterosclerótica coronariana. Revisão do Estado da Arte do JACC
Visitas
2066
Luke P. Dawsona,b,c,d, Mark Lumb, Nitesh Nerlekerb,e,f, Stephen J. Nichollsb,e, Jamie Laylanda,b
a Departamento de Cardiologia, Peninsula Health, Victoria, Austrália.
b Monash University, Melbourne, Victoria, Austrália.
c Departamento de Cardiologia, The Royal Melbourne Hospital, Victoria, Austrália.
d Departamento de Cardiologia, The Alfred Hospital, Victoria, Austrália.
e Departamento de Cardiologia, Monash Health, Clayton, Victoria, Austrália.
f The Baker Institute, Melbourne, Victoria, Austrália.
Este item recebeu
Informação do artigo
Resumen
RESUMO

Nas últimas 3 décadas, houve grandes melhorias nos tratamentos destinados a reduzir os eventos cardiovasculares (CVs). Conforme esses tratamentos foram sendo desenvolvidos, houve melhorias paralelas nas modalidades de imagem coronariana, as quais podem avaliar os volumes e a composição de placa usando técnicas invasivas e não invasivas. A progressão da placa pode ser percebida como precedente aos eventos CVs, de modo que vários estudos avaliaram longitudinalmente as mudanças nas características da placa em resposta a vários tratamentos, com o objetivo de demonstrar a regressão da placa e as melhorias nas características de alto risco, com a justificativa de que isso reduzirá os eventos CVs. No passado, as decisões em relação aos tratamentos da aterosclerose eram medidas por pontuações de risco baseadas na população para iniciar a prevenção primária e por níveis de colesterol de lipoproteína de baixa densidade para titulação na prevenção secundária. Se surgirem dados de desfechos que vinculem a regressão da placa a eventos CVs reduzidos, talvez seja possível obter imagens diretas da resposta ao tratamento da placa para orientar as decisões de manejo. (J Am Coll Cardiol 2022;79:66-82) © 2022 pela American College of Cardiology Foundation.

O texto completo está disponível em PDF
JACC. Ediçao em potugués
Opções de artigo
Ferramentas

Você é um profissional de saúde habilitado a prescrever ou dispensar medicamentos?