Compartilhar
Informação da revista
Vol. 01. Núm. 08.
Páginas 59-67 (Agosto 2019)
Compartilhar
Compartilhar
Baixar PDF
Mais opções do artigo
Vol. 01. Núm. 08.
Páginas 59-67 (Agosto 2019)
Acesso de texto completo
Diretrizes da hipertensão arterial: ACC/AHA vs. ESC/ESH. Comparação de diretrizes no JACC
Visitas
0
George Bakrisa, Waleed Alia, Gianfranco Paratib
a Department of Medicine, AHA Comprehensive Hypertension Center, Section of Endocrinology, Diabetes and Metabolism, University of Chicago Medicine, Chicago, Illinois, EUA.
b Department of Medicine and Surgery, University of MilanoBicocca e Istituto Auxologico Italiano, IRCCS, Department of Cardiovascular, Neural and Metabolic Sciences, Milão, Itália.
Este item recebeu
0
Visitas
Informação do artigo
Resumen
Resumo  Este estudo compara as recomendações das mais recentes diretrizes sobre pressão arterial divulgadas pelo American College of Cardiology (ACC)/American Heart Association (AHA) e pela European Society of Cardiology (ESC)/European Society of Hypertension (ESH). As duas diretrizes representam atualizações de publicações anteriores e reforçam conceitos prévios de prevenção da elevação da pressão arterial. Mais especificamente, elas dão ênfase para dieta com baixo teor de sódio, redução do peso corporal, consumo de álcool em nível baixo a moderado e ingestão adequada de potássio. De forma geral, as duas diretrizes concordam quanto ao método adequado de medição da pressão arterial, ao uso de monitorização residencial ou ambulatorial da pressão arterial e ao uso restrito de betabloqueadores como terapia de primeira linha. As principais discordâncias são relacionadas ao nível de pressão arterial que define hipertensão, à flexibilidade na identificação de metas no tratamento da pressão arterial e ao uso de terapia combinada inicial. Embora a terapia combinada inicial com comprimido único seja altamente recomendada nas duas diretrizes, a diretriz da ESC/ESH indica seu uso como terapia inicial em pacientes com ≥140/90 mmHg. A diretriz do ACC/AHA recomenda o uso em pacientes com >20/10 mmHg acima da meta de pressão arterial. Assim, a única discordância de fato é que a diretriz do ACC/AHA estabelece que todas as pessoas com pressão arterial >130/80 mmHg apresentam hipertensão; portanto, a pressão arterial deve ser reduzida para <130/80 mmHg em todos os casos. Em contrapartida, a diretriz da ESC/ESH define hipertensão como >140/90 mmHg e a meta de <140/90 mmHg para todos os pacientes, visando <130/80 mmHg somente em casos de alto risco cardiovascular, mas sempre considerando a tolerabilidade individual para a meta proposta. (J Am Coll Cardiol 2019;73:3018-26) © 2019 pela American College of Cardiology Foundation.
O texto completo está disponível em PDF
JACC. Ediçao em potugués

Receba a nossa Newsletter

Opções de artigo
Ferramentas

Você é um profissional de saúde habilitado a prescrever ou dispensar medicamentos?

Política de cookies
Utilizamos cookies próprios e de terceiros para melhorar nossos serviços e mostrar publicidade relacionada às suas preferências, analisando seus hábitos de navegação. Se continuar a navegar, consideramos que aceita o seu uso. Você pode alterar a configuração ou obter mais informações aqui.