Compartilhar
Informação da revista
Vol. 1. Núm. 3.Setembro 2018
Páginas 1-86
Compartilhar
Compartilhar
Baixar PDF
Mais opções do artigo
Vol. 1. Núm. 3.Setembro 2018
Páginas 1-86
Acesso de texto completo
Carvedilol para prevenção de cardiotoxicidade relacionada a quimioterapia: o ensaio clínico CECCY
Visitas
164
Mônica Samuel Avilaa, Silvia Moreira Ayub-Ferreiraa, Mauro Rogerio de Barros Wanderley Jr.a, Fatima das Dores Cruza, Sara Michelly Gonçalves Brandãoa, Vagner Oliveira Carvalho Rigauda, Marília Harumi Higuchi- dos-Santosb, Ludhmila Abrahão Hajjarc, Roberto Kalil Filhoc, Paulo Marcelo Hoffb, Marina Sahadeb, Marcela S. M. Ferrarib, Romulo Leopoldo de Paula Costab, Max Senna Manob, Cecilia Beatriz Bittencourt Viana Cruzc, Maria Cristina Abduchd, Marco Stephan Lofrano Alvesd, Guilherme Veiga Guimaraesa, Victor Sarli Issaa, Marcio Sommer Bittencourte, Edimar Alcides Bocchia
a Unidade de Insuficiência Cardíaca, Instituto do Coração (InCor) do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, São Paulo, Brasil
b Instituto do Câncer do Estado de São Paulo-Universidade de São Paulo, São Paulo, Brasil
c Instituto do Coração (InCor) do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, São Paulo, Brasil; Instituto do Câncer do Estado de São Paulo-Universidade de São Paulo, São Paulo, Brasil
d Instituto do Coração (InCor) do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, São Paulo, Brasil
e Instituto do Coração (InCor) do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, São Paulo, Brasil; Instituto do Câncer do Estado de São Paulo-Universidade de São Paulo, São Paulo, Brasil; Centro de Pesquisa Clínica e Epidemiológica, Hospital Universitário, Universidade de São Paulo, São Paulo, Brasil.
Este item recebeu
164
Visitas
Informação do artigo

Contexto. A quimioterapia com antraciclina (ANT) está associada a cardiotoxicidade. A prevenção com betabloqueadores ainda é controversa.

Objetivos. Este estudo prospectivo, randomizado, duplo-cego e controlado com placebo buscou avaliar o papel do carvedilol na prevenção da cardiotoxicidade por ANT.

Métodos. Foram randomizadas 200 pacientes com câncer de mama de status HER2 negativo e fração de ejeção do ventrículo esquerdo (FEVE) normal submetidas a tratamento com ANT (240 mg/m2) para receber carvedilol ou placebo até a conclusão da quimioterapia. O desfecho primário foi a capacidade de prevenir uma redução de ≥10% na FEVE ao final de 6 meses. Os desfechos secundários foram os efeitos do carvedilol na troponina I, no peptídeo natriurético tipo B e na disfunção diastólica.

Resultados. O desfecho primário ocorreu em 14 pacientes (14,5%) do grupo carvedilol e 13 (13,5%) pacientes do grupo placebo (p = 1,0). Não foram observadas diferenças nas alterações dos níveis de FEVE ou peptídeo natriurético tipo B entre os grupos. Houve uma diferença significativa entre os grupos nos níveis de troponina I ao longo do tempo, com níveis mais baixos no grupo carvedilol (p = 0,003). Além disso, observou-se uma menor incidência de disfunção diastólica no grupo carvedilol (p = 0,039). Durante o seguimento, foi verificada uma tendência não significativa de aumento menos acentuado do diâmetro diastólico final do VE no grupo carvedilol (44,1 ± 3,64 mm para 45,2 ± 3,2 mm vs. 44,9 ± 3,6 mm para 46,4 ± 4,0 mm; p = 0,057).

Conclusões. No maior ensaio clínico sobre o uso de betabloqueadores para prevenção de cardiotoxicidade sob dosagem contemporânea de ANT, observou-se uma incidência de 13,5% a 14,5% de cardiotoxicidade. Nesse contexto, o carvedilol não teve impacto na incidência de redução precoce da FEVE. No entanto, o uso do carvedilol resultou em uma redução significativa dos níveis de troponina e da disfunção diastólica. (Carvedilol Effect in Preventing Chemotherapy-Induced Cardiotoxicity [CECCY]; NCT01724450). © 2018 por American College of Cardiology Foundation. Publicado por Elsevier.

Palavras-chave:
betabloqueadores, cardiomiopatia, quimioterapia, prevenção, troponina
O texto completo está disponível em PDF
JACC. Ediçao em potugués

Receba a nossa Newsletter

Opções de artigo
Ferramentas
Política de cookies
Utilizamos cookies próprios e de terceiros para melhorar nossos serviços e mostrar publicidade relacionada às suas preferências, analisando seus hábitos de navegação. Se continuar a navegar, consideramos que aceita o seu uso. Você pode alterar a configuração ou obter mais informações aqui.

Você é um profissional de saúde habilitado a prescrever ou dispensar medicamentos?